#8 As estratégias mais assertivas

#8 As estratégias mais assertivas

As postagens da primeira semana do nosso desafio foram baseadas em uma pesquisa sobre resoluções de ano novo realizada pela Universidade de Hertfordshire, na Inglaterra. Hoje trataremos desse estudo pela última vez em nossa série. Abaixo listaremos mais alguns fatores que foram determinantes para o sucesso dos voluntários que realizaram suas metas programadas ao final de um ano. Então que tal pegar papel e caneta para agregar essas estratégias a tudo que já abordamos e potencializar suas chances de sucesso?

★ DEFINA SUAS METAS ANTES DO REVEILLÓN
A maior parte das pessoas que se mantiveram fiéis às suas promessas planejaram as metas antes da virada do ano. Segundo o líder da pesquisa, Richard Wiseman, essas pessoas “sabiam exatamente o que fazer, onde e em que momento”. Por estarem previamente planejadas, entraram no novo ano comprometidas e já cientes das ações necessárias. Em outras palavras, é mais eficaz entrar no jogo com uma estratégia definida do que estabelecê-la no meio. Uma forma de fazer isso é através dos filtros de especificação de metas que tratamos no dia 5 de nossa série.

★ FOQUE EM OBJETIVOS NOVOS
Tentar voltar a uma resolução antiga pode ser realmente muito frustrante. O levantamento mostrou que objetivos inéditos tinham chances maiores de serem mantidos e realizados do que metas fracassadas já assumidas em anos anteriores. Segundo Wiseman, para aumentar as chances de sucesso “é preciso escolher um objetivo novo ou tentar uma nova perspectiva para um antigo problema”. Busque novos desafios, coisas que nunca tentou. E no caso de precisar revisitar antigas metas em que não obteve sucesso, que tal buscar formas alternativas, mais criativas e estimulantes de colocá-las em prática?

★ ANOTE SEUS PROGRESSOS EM UM DIÁRIO
Esta é uma estratégia muito eficaz em processos de coaching, e que se revelou determinante também nesse estudo. Uma das razões pela qual desistimos de certos objetivos é porque simplesmente perdemos o foco. Diariamente somos bombardeados por um mar de informações e demandas que desviam nossa atenção e acabam por impactar negativamente nossa determinação. Manter um diário de progressos para as metas nos ajuda a não perder de vista as ações nas quais nos comprometemos. É de grande auxílio registrar todos os dias os pequenos sucessos, as dificuldades e os aprendizados que obtivemos com elas.

★ CUIDADO COM AS AUTO-AJUDAS
Sabemos o quanto literatura e vídeos de auto-ajuda despertam o interesse de tanta gente. Mas segundo o estudo inglês, esse tipo de recurso se revelou altamente ineficaz e até mesmo prejudicial a alguns voluntários analisados. 78% dos que falharam haviam seguido esse tipo de conselho. O nível de frustração sentida por quem recorreu a gurus e falhou em suas metas foi maior do que por quem não o fez, uma vez que essas pessoas se perceberam desprovidas de autocontrole. Já que a vida não tem fórmulas, as dicas generalistas das auto-ajudas nem sempre conseguem dar conta das particularidades dos indivíduos e complexidades de cada tipo de objetivo. Segundo Wiseman, “as técnicas mais bem-sucedidas tendem a ser as que a pessoa faz um plano e tenta ajudar a si própria na obtenção de sua meta”. E esse é o princípio das estratégias que temos abordado nesta série.

★ RELAXE
Quer uma boa estratégia para falhar? Seja implacável consigo mesmo! Recaídas são normais, fazem parte do processo e abrem espaço para o aprendizado e autoconhecimento. Em geral, todos os casos de sucesso nas resoluções de ano novo contaram com alguns escorregões eventuais. Segundo Gerard Egan, especialista em modelos de ajuda da Loyola University of Chicago, “uma razão para as pessoas falharem para alcançar seus objetivos é que elas não exploram as diferentes formas no qual o objetivo pode ser alcançado. Tentam, e quando falham, concluem que eles apenas não podem alcançar o objetivo particular”. Pessoas bem sucedidas reconhecem seus limites, buscam auto-superação e sabem se reinventar para atingir os resultados esperados. Tenha isso sempre em mente!

★ TOME UMA RESOLUÇÃO DE CADA VEZ
O fato de você programar várias metas a serem realizadas em 2017 não significa que tenha de executá-las todas ao mesmo tempo. Tomar uma única resolução de cada vez foi uma das estratégias assertivas identificadas na pesquisa da Universidade de Hertfordshire. É simplesmente questão de foco. Quando tiver de trabalhar em mais de uma meta paralelamente, crie contextos individuais para cada uma visando manter o foco, como dedicar um dia da semana a um objetivo específico ou estabelecer horários fixos para isso em sua rotina diária.

★ SOME ESTRATÉGIAS
E se ao invés de assumir uma única estratégia entre todas as abordadas, adotássemos várias em conjunto? Nossas chances aumentariam substancialmente, certo? A pesquisa também mediu isso, e verificou que as probabilidades de sucesso nas resoluções de ano novo aumentaram em 50% para todas as pessoas que adotaram cinco estratégias em conjunto, todas abordadas aqui em nossa série.

Que tal reler agora as postagens anteriores do nosso desafio para revisar e consolidar o conhecimento? Com todos esses posts divulgados, você já possui um conteúdo excelente e bem embasado para te ajudar com as metas de 2017

Comente aqui o que tem achado, como anda o seu planejamento, e não esqueça de marcar aquelas pessoas especiais a quem você também deseja muito sucesso no próximo ano!

Deixe uma resposta