#17 Gerenciando sua energia física

#17 Gerenciando sua energia física

De quanta energia você precisará para colocar em prática suas resoluções de ano novo? E como garantir que você a tenha em dose necessária para dar conta de toda a a demanda de 2017 e das metas que está traçando? Este é o tema de hoje em nosso desafio de 30 dias.

Ontem tratamos das ideias de Tony Schwartz e Jim Loher, especialistas em gestão de energia com base científica. Tendo trabalhado por anos com atletas de elite e executivos de alta performance, os autores defendem que devemos gerenciar nossa energia, e não o nosso tempo. Isso porque o tempo é um recurso finito, isto é, não pode ser recuperado. Já a energia, que é a nossa capacidade de produzir no tempo, é um recurso infinito, pois pode ser renovada e ampliada.

Vimos ainda que, para dar conta de todas as demandas que já possuímos e das novas metas que almejamos em 2017, é importante que nos planejemos para manter uma boa gestão de energia ao longo do ano. Para isso, é preciso assumir a responsabilidade por mudar determinados comportamentos que drenam a energia, independentemente do contexto em que ocorrem. Os autores sugerem ainda que criemos alguns rituais positivos de energia, isto é, pequenos hábitos para aumentar e renovar a energia, e que se tornam automáticos com o tempo.

Para simplificar e esclarecer esse processo, Schwartz e Lower descobriram que a energia humana provém de quatro grandes fatores: corpo (energia física: quantidade de energia que temos), emoções (energia emocional: qualidade da energia), mente (energia mental: nossa capacidade de foco) e espírito (energia espiritual: propósito ou significado que conferimos à nossa existência).

Hoje começaremos pela energia física, e nas próximas postagens abordaremos os outros tipos.

ENERGIA FÍSICA

A energia física diz respeito à quantidade de energia que temos. Nas palavras dos autores, “como nós somos avaliados mais pelo que fazemos com nossas mentes do que com nosso corpo, temos tendência a desprezar o papel que a energia física tem no nosso desempenho”. Porém não é preciso ser nenhum cientista para perceber que alimentação e sono inadequados reduzem nossa energia e impactam negativamente em nossa performance, emoções e capacidade de foco.

Podemos ir além e afirmar que, se você não conseguir manter hábitos saudáveis e descuidar da energia física em sua rotina de 2017, as chances de realização de seus novos objetivos serão praticamente nulas.

Rituais para a energia física a serem adotados envolvem toda e qualquer atividade de cuidado com o corpo, que possa ser incorporada em sua rotina e como consequência promova transformações concretas em sua energia e bem estar. São ações como deitar mais cedo, reduzir consumo de álcool ou cigarros, tomar o café da manhã diariamente, fazer refeições menores a cada 3 horas, manter uma dieta saudável e balanceada, fazer caminhadas ou outras atividades físicas regularmente, etc.

Que tal adotar uma ou mais dessas ações como parte de sua estratégia para fazer de 2017 o melhor ano de todos? Pegue papel e caneta e responda às perguntas que se seguem. Procure estabelecer um plano visando incorporar rituais que amplifiquem sua energia física, proporcionando mais disposição e concentração para colocar em prática suas resoluções.

Por fim, SE COMPROMETA! Não deixe de revisar as dicas anteriores da nossa série sobre criação e mudança de hábitos, sobretudo as do dia 2, dia 3 e dia 4. Você encontrará lá estratégias valiosíssimas para ser bem sucedido em objetivos como esses. Topa? Então confira:

  1. QUE OBJETIVOS VOCÊ PODE ADOTAR EM 2017 PARA MANTER SUA ENERGIA FÍSICA SEMPRE ELEVADA E RENOVADA? FAÇA UM BRAINSTORMING ANTES DE DECIDIR, LEVANTANDO POSSIBILIDADES. PARA AJUDAR EM SUA REFLEXÃO, CONSIDERE OS TÓPICOS ABAIXO:
  • HORAS DE SONO ADEQUADAS
  • CAFÉ DA MANHA DIÁRIO
  • ATIVIDADE FÍSICA REGULAR
  • REFEIÇÕES SAUDÁVEIS
  • PAUSAS PARA DESCANSO AO LONGO DO DIA

 

2. ESCOLHA DE 1 A 3 ESTRATÉGIAS ENTRE AS LEVANTADAS NA QUESTÃO ANTERIOR, QUE FUNCIONARÃO MELHOR PARA VOCÊ. NÃO DEIXE TORNÁ-LAS BEM ESPECÍFICAS, COMO VISTO NO DIA 10 DE NOSSA SÉRIE.

3. ESTABELEÇA UM PLANO PARA COLOCÁ-LAS EM PRÁTICA EM 2017.

4. ESTÁ 100% COMPROMETIDO? CASO CONTRÁRIO, O QUE FARÁ PARA CHEGAR AO 100%?

 

Obrigado por acompanhar até aqui! Nos próximos posts abordaremos outros fatores de energia desenvolvidos na tese de Schwartz e Lower. Nos conte o que achou, compartilhe e participe! Vamos juntos fazer de 2017 o ano mais bem sucedido de todos!

Deixe uma resposta