#13 Concentre-se mais nos esforços

#13 Concentre-se mais nos esforços

Ontem postamos as duas primeiras dicas de Rory Vaden, especialista em autodisciplina, para superar as dificuldades que aparecem logo no primeiro mês de suas resoluções. Segundo estudos do autor, elas são necessárias porque a grande maioria das pessoas que desistem de suas promessas, toma essa atitude nos primeiros 30 dias.

Por outro lado, sua pesquisa indica que a maior parte dos que se mantiveram firmes nesse primeiro mês tiveram sucesso em suas metas. Hoje postaremos mais duas dicas de Vaden para que você possa inseri-las em seu planejamento de 2017.

1) CONCENTRE-SE NOS ESFORÇOS

Um dos critérios que utilizamos para saber se um objetivo está bem formulado é verificar se ele é mensurável, se podemos medir seu progresso (tratamos disso no dia 5 da nossa série). Porém Vaden afirma que muitas vezes é válido se preocupar menos com os resultados e se concentrar mais nos esforços. Seus argumentos são bastantes claros: quando implementamos novos hábitos sempre nos sacrificamos mais nos primeiros dias, mas às vezes demora um pouco para começarmos a colher resultados.

Pense em uma dieta ou em começar uma academia, por exemplo, e saberá do que estamos falando. É por isso que muita gente desiste, segundo o autor. Ter em mente que os resultados virão da persistência e disciplina ajuda a superar a sensação de que o esforço não valeu a pena. Que tal então fazer um plano de ação baseado nas ações necessárias para a sua meta, independentemente dos resultados imediatos?

2) CHEQUE SEU PROGRESSO

Mais uma vez, Vaden sugere pensar no progresso em relação aos esforços mais que do aos resultados. Os resultados virão ao fazer o que deve ser feito, mantendo-se motivado. Se a sua resolução é perder 10 kg, pode funcionar melhor reservar um tempo para relembrar dos seus passos, do que ficar ansiosamente checando a balança. O autor sugere ações simples, como programar um alarme semanal para tirar alguns minutos para fazer um balanço dos seus avanços.

Algumas estratégias que já abordamos também podem ajudar muito, como fazer um diário de progressos e encarar suas dificuldades de forma mais relaxada (abordamos isso no dia 8 da nossa série, caso queira revisar).

E por falar em esforço, agora é uma boa hora para se dar os parabéns por estar acompanhado nosso desafio diariamente nas últimas duas semanas! Não é simples promover mudanças, e sabemos que parar alguns minutos diariamente para olhar para si exige comprometimento.

Ainda temos pela frente 17 estratégias para as resoluções de ano novo, e o esforço certamente valerá a pena! Amanhã veremos as duas últimas dicas de Vaden para superar os obstáculos do primeiro mês de resoluções. Não perca!

Deixe uma resposta